Dicas Úteis

7 maneiras de melhorar relacionamentos com irmãos

Pin
Send
Share
Send
Send


Tendo amadurecido e iniciado uma vida independente, irmãos e irmãs, por vários motivos, freqüentemente se afastam um do outro. Mas manter boas relações familiares é muito importante para uma pessoa em qualquer idade. Como qualquer outro relacionamento, eles exigem esforço e algum trabalho bilateral. Abaixo estão algumas dicas úteis e práticas para fortalecer os laços fraternais ou fraternais.

Ênfase em emoções positivas.

Uma das causas comuns de relacionamentos pobres com irmãos e irmãs na vida adulta é o ressentimento de uma criança e as emoções negativas que sobreviveram junto com ela. Mas, como adulto, é mais fácil compreender todas essas ações e situações para ser mais alto do que os insultos das crianças. É melhor se concentrar nos aspectos positivos, que na infância provavelmente também foram: jogos conjuntos, brincadeiras, recebimento de presentes, férias em família, etc.

Em cada pessoa você pode encontrar traços positivos. Você precisa se lembrar do que foi admirado ou mais apreciado no caráter de um irmão ou irmã. Emoções positivas e memórias agradáveis ​​são a chave que ajudará a restaurar relacionamentos perdidos com parentes.

Olhar adulto

Segundo as observações dos psicólogos, a ordem de nascimento de uma pessoa pode afetar a formação de sua personalidade e comportamento. Mas não se deve permitir que esse fator interfira na construção de relações: não se deve ficar preso ao papel de uma criança mais velha autoritária, constantemente procurando a atenção de uma criança mais nova ou mimada. Deixe esses padrões de comportamento permanecerem no passado. Um bom relacionamento deve ser baseado na igualdade e justiça.

Aceitação pessoal

Algumas pessoas não querem se comunicar com seus irmãos e irmãs só porque não aceitam suas opiniões sobre a vida e não aprovam a escolha de suas ocupações. Mas se uma pessoa está interessada em restaurar as relações, então ele precisa aceitar e respeitar a personalidade do outro. Ao mesmo tempo, deve-se evitar a condenação e tentar ajudar as pessoas a seguirem o caminho certo. Amor, compreensão e respeito são outras importantes chaves para manter fortes laços familiares. Esses fatores curam muitas feridas antigas e ajudam a restaurar relacionamentos perdidos.

Comunicação virtual

Na era da Internet e da alta tecnologia, as pessoas começaram a falar muito virtualmente. Você não deve se deixar levar muito. Mas o uso de uma rede mundial e dispositivos móveis pode ajudar a suportar a comunicação com parentes à distância. Afinal, nem sempre há tempo para encontrá-los pessoalmente. Além das frases usuais, você pode enviar cartões postais, piadas, fotos de sua família, etc. para seus irmãos e irmãs, o que dará aos seus parentes emoções positivas, ajuda a aproximar-se deles, encontrar tópicos para conversar e melhorar a comunicação. Você pode criar um grupo inteiro de salas de bate-papo on-line, um blog de família, um site ou uma página nas redes sociais. Será conveniente se, junto com parentes, planejar um horário semanal para as vídeo chamadas.

O diálogo certo

Ninguém cancelou a etiqueta conversacional mesmo em comunicação não oficial entre parentes. Constantes violações das regras do diálogo de fala afetam negativamente os relacionamentos. Primeiro de tudo, para estabelecer comunicação, você precisa mostrar interesse no interlocutor, e não se concentrar apenas em si mesmo. É aconselhável fazer perguntas não muito intrusivas e ouvir mais. Talvez depois de um longo intervalo nas relações com um irmão e uma irmã, eles tenham que ser reconhecidos novamente. É melhor não lembrar de momentos negativos da infância. A comunicação deve ser fácil e descontraída, de modo que apenas emoções positivas permaneçam após ela.

Bounding

Para construir qualquer relacionamento, é importante estabelecer limites claros de maneira oportuna e competente, que não deve ser violada. Você deve sempre lembrar a liberdade do indivíduo, seu espaço e senso de tato. Por exemplo, se um parente é desagradável para falar sobre renda e dinheiro, então é melhor ignorar esses tópicos e realmente não se gabar de seus sucessos financeiros. Não há necessidade de conversas diretas de um irmão ou irmã. Talvez no futuro, as relações com eles se tornem mais próximas e mais confiáveis. Mas isso deve acontecer gradualmente, sem qualquer pressão. Regras e limites podem ser negociados com antecedência para que satisfaçam todas as partes.

Tempo de relacionamento

No mundo sempre ocupado de hoje, o tempo é um dos recursos mais valiosos. Isso deve ser levado em conta ao construir qualquer relacionamento, inclusive com parentes. É necessário respeitar seu tempo e tentar planejar reuniões com antecedência, evitando visitas súbitas e encontros muito longos.

É possível prever horários ou dias mutuamente convenientes para reuniões ou conversas telefônicas em sua programação. Para enfatizar a importância e importância do relacionamento, os interlocutores não devem se distrair com outros assuntos, focando apenas na comunicação.

Reunião crianças

É importante incutir valores familiares na infância. Portanto, é importante que as crianças conheçam e se comuniquem bem não apenas com seus pais, avós, mas também com suas tias e tios, primos e primos. A maneira como os pais se comunicam com seus irmãos e irmãs pode ser um exemplo de comportamento para as crianças. Eles rapidamente compreendem e repetem tudo depois dos adultos, portanto, um exemplo pessoal positivo dos pais é muito importante para a criança. Além disso, o conhecimento e a comunicação com sobrinhos e sobrinhas podem ser um fator positivo adicional para a restauração das relações com os familiares.

Festas familiares

Uma maneira maravilhosa de se comunicar com parentes é organizar férias em família ou jantar. Especialmente bom para uma ocasião como: Ano Novo, Natal, aniversário de casamento, aniversários e outros eventos. Se desejar, você pode se reunir para uma refeição uma vez por semana ou um mês, discutindo a hora e o local com antecedência. Sentado em uma mesa grande em uma atmosfera festiva, é muito mais agradável construir e manter relacionamentos. Tais reuniões são bem lembradas por crianças que poderão então adotar essas tradições para também se reunir com seus irmãos e irmãs. Após a refeição, é útil organizar algum tipo de jogo ou entretenimento. Eles combinam bem e dão emoções positivas.

Perdão

Talvez essa seja uma das principais condições para restaurar as relações perdidas entre irmãos e irmãs. O ressentimento ou erro das crianças pode ser muito doloroso. Mas se você constantemente incita os fatos negativos do passado, pode perder muitos momentos agradáveis ​​do presente. Cada pessoa é dotada da capacidade de perdoar. Nem todo mundo pode fazer isso facilmente. Mas vestir um ressentimento em sua alma pode ser ainda mais difícil. Deve ser lembrado que o passado não pode ser mudado, mas o futuro é possível. Se é difícil lidar com as feridas emocionais das crianças por conta própria, é melhor consultar um especialista e encontrar uma maneira de se livrar de insultos e negatividade excruciantes.

1. Não entre em um escândalo familiar

Há sempre parentes na família que são hostis aos outros e gostam de se envolver em brigas. Uma das melhores maneiras de melhorar seu relacionamento é concordar que você não tomará partido durante disputas familiares. Permaneça no lado neutro, o que não prejudicará seu relacionamento com seu irmão ou irmã. Nunca fofoque com outros membros da família sobre irmãos e irmãs, caso contrário, dará mais óleo ao fogo.

3. apoiar um ao outro

Apoie seus irmãos e irmãs. Isto é muito importante se tempos difíceis tiverem chegado em suas vidas. A vida pode lançar várias situações imprevisíveis, por exemplo, uma doença grave, perda de emprego ou divórcio. Isso significará muito para eles se puderem sentir seu apoio, simpatia, quando precisarem.

4. Mantenha contato

Hoje temos tantas tecnologias disponíveis que simplesmente não há desculpa para não se comunicar. Mas muitos de nós colocam outras atividades “importantes” primeiro, em vez de falar com irmãos e irmãs. Prometa um ao outro que você ligará uma vez por semana. Faça da comunicação a coisa principal em seu relacionamento, acompanhe o que está acontecendo em sua vida.

6. Planeje férias juntos

Planeje uma viagem com seu irmão ou irmã para experimentar novas sensações e desfrutar da companhia um do outro. Escolha o lugar que você quer visitar juntos. Leve seus filhos com você para que eles conheçam melhor seus primos. Você vai deixar o seu destino, tendo reforçado a comunicação e se divertindo.

7. Torne-se amigo

O objetivo deste parágrafo é tornar-se amigos que respeitem, amem e cuidem uns dos outros. Se você for mais velho, tente não dar conselhos, a menos que eles mesmos perguntem. Não tente corrigir ou controlar a sua vida, mesmo que você deseje apenas bom. Respeite a personalidade deles e o que eles fazem, mesmo que você ache que eles estão errados.

Você não deve se afastar de seus irmãos quando crescer. Se você se preocupa com relacionamentos, eles podem permanecer fortes por muitos anos. Você conhece outra maneira de melhorar as relações com seus irmãos e irmãs? Estou pronto para te ouvir!

Pin
Send
Share
Send
Send