Dicas Úteis

Como desenvolver habilidades de comunicação até mesmo para uma pessoa silenciosa?

Pin
Send
Share
Send
Send


Quem é uma pessoa extrovertida? Primeiro de tudo, este é um para quem a comunicação é um prazer. A pessoa que sai não se importa com quem se comunicar, o processo em si é interessante para ele.

Pessoas comunicativas são caracterizadas pela flexibilidade nos contatos, capacidade e habilidade de não se confundirem quando se comunicam em situações diferentes, autoconfiança, se adaptam facilmente às novas condições, são capazes de negociar com sucesso, buscar iniciativa e liderança na equipe.

Se você acha que não é comunicativo o suficiente, que muitas vezes procura uma oportunidade para evitar a próxima conversa, se quiser desenvolver suas habilidades de comunicação, ouça as dicas a seguir.

1. Aprecie o tempo do seu interlocutor

Cada pessoa tem certos planos para o dia. E se você tiver algum tempo para discutir coisas insignificantes e ter uma conversa amigável, isso não significa que o seu interlocutor também esteja positivamente inclinado a falar. Ele pode ter assuntos urgentes, uma grande quantidade de trabalho ou uma reunião importante. Seu desejo de se comunicar só pode causar irritação no interlocutor. E tais emoções não contribuem para o desenvolvimento de amizades. Portanto, antes de tais diálogos não construtivos, sempre pergunte se o seu interlocutor tem tempo para isso. Tal atitude respeitosa definitivamente despertará sua simpatia e desejo de se comunicar no futuro.

2. Uma conversa - um problema

Algumas pessoas se esforçam para literalmente dentro de uma breve conversa resolver imediatamente uma dúzia de questões complexas, cada uma das quais deve receber atenção especial. Muitos problemas exigem uma análise cuidadosa, reflexão e avaliação de várias soluções. Portanto, ao construir um diálogo, tente se concentrar em resolver apenas um problema problemático. Se você precisa urgentemente cobrir vários tópicos de uma só vez, classifique-os corretamente de acordo com o grau de complexidade, importância e emotividade.

3. Aprenda não apenas a ouvir, mas também a ouvir o interlocutor

As pessoas que conseguem se comunicar efetivamente com os outros geralmente são lacônicas. Preferem ouvir o interlocutor, inserindo periodicamente seus comentários ou acréscimos ponderados. Um bom interlocutor não interromperá o falante, mas tentará entender a essência do que lhe dizem. Ele nunca toma decisões precipitadas. Afinal, às vezes as pessoas precisam dar um pouco de tempo para explicar a situação e os motivos de suas ações. Essa atenção ao interlocutor é uma das ferramentas mais eficazes para construir um diálogo construtivo.

Ao mesmo tempo, você deve evitar um longo silêncio. Caso contrário, pode ser percebido como um sinal de que você não está ouvindo a pessoa com quem está falando. Portanto, durante a conversa, mostre interesse, faça perguntas ou faça comentários valiosos para mostrar à pessoa que você está participando ativamente da conversa.

4. comunicação por telefone

Se você tiver uma importante conversa telefônica, pense sobre o seu discurso com antecedência, bem como as perguntas que deve fazer. Para facilitar a construção de uma conversa, faça um plano, anotando os principais pontos da próxima conversa. Durante uma conversa telefônica, dê tempo à outra parte para expressar seu ponto de vista. Se lhe foi feita uma pergunta que você não pode responder, admita honestamente. Não se desvie do assunto ou fique em silêncio no telefone. Isso criará uma impressão desagradável em você.

5. Comunicação construtiva durante conversas em grupo

Ao se comunicar em grupo, muitos querem se divertir expressando suas opiniões sobre cada assunto, mesmo que suas declarações tenham erros ou imprecisões óbvias. Portanto, com essa forma de comunicação, também é importante poder ouvir os outros. Durante a conversa, escreva suas idéias e pensamentos interessantes. E, em seguida, fale quando o momento certo chegar ou alguém do grupo falar diretamente com você. Ao organizar discussões em grupo, é melhor definir limites de tempo para reduzir o desempenho de pessoas que gostam de conduzir conversas vazias.

6. Comunicação construtiva e não construtiva separada

Se você quiser criar amizades com colegas, use seu tempo livre ou intervalos para o almoço. Mas durante as horas de trabalho é melhor se concentrar na resolução de problemas importantes. A comunicação construtiva deve sempre ser uma prioridade, pois o sucesso de sua carreira depende disso. Diálogos não construtivos não devem afetar seu trabalho, portanto, tal comunicação deve ocorrer exclusivamente durante o horário livre.

Evite e evite a comunicação

Você acha que é bastante sociável, mas prefere entrar em um diálogo apenas se a pessoa com quem está falando é agradável e tem bom humor? Se você notar um amigo andando na sua direção e preferir sair da estrada para evitar falar com ele, se vir alguém que não conhece na janela do transporte público, prefira esperar pelo próximo ônibus - tudo isso significa que você não é comunicativo.

Para desenvolver a sociabilidade, tente não evitar encontros casuais. Comunique-se com pessoas desconhecidas ou com pessoas completamente desconhecidas para você. Então você irá desenvolver a habilidade de sociabilidade.

Aprenda a gostar de comunicação

Esta é uma das principais regras para adquirir habilidades de comunicação. Nós sempre nos preparamos para como a conversa planejada irá com essa ou aquela pessoa. Por exemplo, conhecer um amigo de longa data parece desinteressante e muito chato, porque você sabe que seu interlocutor é um tédio comum.

A próxima conversa com o chefe sempre envolve rigidez e nervosismo. Antes de uma conversa que você acha desagradável, você deve sintonizar o melhor: lembre-se de que você sempre pode mudar a situação, trocar de função com o seu interlocutor. Por exemplo, você não quer realmente ouvir as memórias de infância do seu amigo.

Excelente - não ouça, comece dizendo a si mesmo, assuma o controle da situação. Ou converta a conversa em outro tópico que seja do interesse de vocês dois. Transforme a próxima conversa irritante em uma agradável. Aprenda a se beneficiar de suas conversas com pessoas diferentes e a comunicação se tornará um evento mais interessante para você.

Tente iniciar uma conversa

Ao viver em uma cidade grande, é fácil fingir que você não vê um velho conhecido com quem está viajando no mesmo vagão do metrô ou fingir que não o reconheceu. Como regra geral, olhos baixos indicam sua falta de vontade de fazer contato, e isso funciona - eles também não querem se comunicar com você. Mas tal jogo adulto de esconde-esconde te faz sentir muito mais emoções negativas do que uma conversa mesmo com o interlocutor mais indesejável. Quando você está se escondendo do seu amigo, você está em um estado de expectativa, medo: “Ele (a) reconheceu você? Ele quer conversar?

Para não ser atormentado por tais questões e não esperar até que elas cheguem até você e comecem a conversar, é melhor começar a conversa sozinho, agir como o iniciador do diálogo, você sentirá que é muito fácil. Estes são os princípios básicos da comunicação comunicativa.

Trabalhe na sua arte

A sociabilidade das pessoas caracteriza-as como representantes da sociedade, que se caracterizam por uma riqueza de gestos e entonações. A pessoa sociável é um contador de histórias insuperável, um imitador. Ele tem um gosto por detalhes, por um detalhe suculento, ele quer viver uma vida diversificada, porque é tão fácil para uma pessoa assim se transformar em diferentes papéis sociais, fácil de se adaptar. Essas pessoas sabem como gostar.

Mate seu humor pessimista

A qualidade obrigatória de qualquer pessoa verdadeiramente sociável é otimismo. Se você se esforça para se tornar um mestre da comunicação comunicativa, desenvolver habilidades de comunicação, mas ao mesmo tempo você tem humor pessimista, é justo perguntar a si mesmo a pergunta "Como se tornar otimista?" O pessimismo, como regra, não leva a nada de bom, muito menos contribui para o desenvolvimento da sociabilidade. Sorria Tudo está bem! As pessoas respondem muito melhor a um sorriso do que a um rosto mal-humorado.

Nem todas as pessoas nascem com uma propensão para desenvolver a sociabilidade. O principal professor de tais habilidades, claro, é a própria vida. No processo de adquirir vida e experiência profissional, uma pessoa aprende a se comunicar, se comunicar com as pessoas e efetivamente construir as conexões necessárias.

Mas há pessoas que não possuem habilidades de comunicação suficientes. Hoje em dia, tudo pode ser aprendido, seria apenas desejo. A literatura especializada, a participação em treinamentos profissionais sobre técnicas de comunicação eficazes e treinamentos diários em comunicação com os outros ajudarão a ser um “mestre de comunicação”.

Pin
Send
Share
Send
Send